Colocar a câmera na Internet

Muitos Condomínios já tem DVR e Internet – Por que não colocar as câmeras na Internet e Disponibilizar para os Conselheiros ?

Uma excelente solução de Segurança é colocar as câmera do DVR na Internet !!! É um processo simples que a maioria das empresas de Manutenção de Câmeras pode fazer sem custo ao Condomínio.

Passo a Passo do DVR na Nuvem !!!

1) Contratar uma empresa de manutenção que pode te dar uma boa acessória 

2) Colocar um DVR na Nuvem (precisa ter banda larga)

3) Baixar o App vinculado ao DVR

4 Colocar nível de segurança e disponibilizar aos conselheiros

Ter acesso a imagem de dentro da guarita faz toda a diferença para entender o Status de Segurança de um prédio, os Ladrões geralmente dominam a guarita para ter controle. A perda da imagem da guarita pode ser uma boa sinalização na hora da emergência!!!

Outra grande vantagem é que o porteiro dificilmente irá dormir sabendo que os conselheiros podem visualizar 24 horas por dia

Quer melhorar seu Condomínio

Alfa Manutenção

(11) 3796-9000

www.alfacondominios.com.br

#DicasSegurança #SegurançaPredial #ManutençãoPredial

Smartphone com App que visualiza imagem

Smartphone com App que visualiza imagem

Cameras de Condominio na Internet !!! Uma Solução de Segurança Simples e Barata

Cameras de Condominio na Internet !!! Uma Solução de Segurança Simples e Barata

Abra o Portão do Prédio Diretamente do SmartPhone

A Locaprédios Vem Revolucionando o Mercado de Segurança com uma solução de Custo Baixo. O prédio coloca uma Placa para Abertura do Portão Via Smartphone !!!

O morador abaixa um Aplicativo Iphone ou Android e gratuitamente de seu celular pode abrir o portão.

O Porteiro Recebe Automaticamente a informação de quem está chegando com foto do carro e do respectivo Morador

O Morador que não tem Iphone ou Android – Pode Usar Também o Controle Remoto Linear HCS

Saiba mais em www.locapredios.com.br ou (11) 3796-9000 – Comercial@locapredios.com.br

Estamos Localizados na Faria Lima 1826

Controle Remoto Linear HCS

Vantagens de Instalar o Sistema Linear HCS para Controle de Portas de Carros e Pedestre

  • Rápido
  • Robusto
  • Altamente Difundido no Mercado
  • Custo baixo

Controle Remoto Linear HCS - R$ 39,00  - Chaveiro Linear HCS R$ 9,90

Controle Remoto Linear HCS – R$ 39,00 – Chaveiro Linear HCS R$ 9,90

PQN_3619596_001_linear4botoes PQN_3619609_001_receptora PQN_3619613_001_receptorCP PQN_3619632_001_cartao PQN_3619633_001_chaveiro PQN_4612150_001_GRD39047511rfid PQN_4612151_001_TN500leitorrfid10234linear2 PQN_4612185_001_MODULO-GUARITA-2010

Controle de Acesso de Carros Tag Ativo

Controle de Acesso – Entrada de Carros !!!

RFID  - Chaveiro Linear  

Opção de Abertura no carro

1) Via Tag Ativo

2) Via App

3) Controle Remoto Linear HCS

Receptor na Portaria 

Controle de Acesso via Arduino  - abertura de portão sem controle remoto

No Sistema de Controle de acesso de carros a foto do morador e do carro aparecem no sistema

No Sistema de Controle de acesso de carros a foto do morador e do carro aparecem no sistema

www.locapredios.com.br
11 3796-9000
comercial@locapredios.com.br

Gerenciamento online do sistema (você pode cadastrar ou descadastrar moradores diretamente via internet)

Linear Plus

Software Online para abertura de Portas – tela de cadastro

Relatórios Online 

Veja as Imagens na Internet do controle de acesso de carros e pedestre Locapredios

Veja as Imagens na Internet do controle de acesso de carros e pedestre Locapredios

 

Tipos de acionamentos:

Via Tag Ativo RFID

Controle de Acesso de Carrros de RFID

Chaveiro Linear HCS

Controle Remoto Linear HCS

Abertura do carro via celular (App ou Ligação)

PM terá acesso a câmeras privadas em setembro

CAIO DO VALLE – O ESTADO DE S. PAULO

25 Agosto 2014 | 15h 51

Segundo secretário da Segurança Pública, bancos e condomínios passarão a compor rede de vigilância

Divulgação
Fernando Grella Vieira, secretário estadual da Segurança Pública, não informou a quantidade de locais que irão compor o projeto

 

SÃO PAULO – O secretário estadual da Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, disse nesta segunda-feira, 25, que em setembro começam a ser conectadas à rede de monitoramento da polícia algumas câmeras de vigilância privadas. Os equipamentos ficam em estabelecimentos comerciais e residenciais e estão exclusivamente voltados para lugares públicos. As imagens poderão ser acessadas em tempo real pela Polícia Militar. Grella não forneceu a quantidade de locais que passarão a compor o projeto no primeiro momento.

“Nós já temos alguns convênios e alguns protocolos de intenções firmados. Faltava o decreto, que o governador assinou há dez dias autorizando a secretaria a celebrar esses convênios”, afirmou Grella. “Vamos partir, no próximo mês de setembro, para os atos específicos, com cada entidade, cada associação, cada condomínio.”
De acordo com ele, serão definidos planos de trabalho e os locais das câmeras que se mostram necessários ao programa estadual, batizado de Detecta. Entre os imóveis que deverão ceder suas imagens para o poder público fazer a vigilância estão bancos, associações.
“Começa por São Paulo, capital, e também poderá se colocar nas principais cidades do interior”, disse o secretário. “Temos várias reuniões marcadas e alguns protocolos de intenções já celebrados. O que nós precisamos é especificar isso, objetivar isso com um plano de trabalho. São câmeras voltadas para a área pública em pontos estratégicos. Não são todas as câmeras de condomínios, mas aquelas em locais estratégicos de interesse para a segurança pública.”
Aumento dos roubos. Estatísticas da Secretaria da Segurança Pública (SSP) divulgadas nesta pelo Estado mostram que os roubos cresceram pelo 14.º mês seguido em território paulista, embora em um ritmo menor. A alta foi de 12,6%.
O governador Geraldo Alckmin (PSDB) não quis comentar nesta segunda-feira, 25, essa estatística especificamente, mas falou sobre ações que poderiam ajudar a diminuir o índice. “O latrocínio é muito ligado ao roubo e furto de veículos. Então, à medida que nós derrubamos, como está acontecendo há dois meses, roubo e furto de veículo, junto cai também o latrocínio. Metade quase dos latrocínios está ligado a roubo e furto de veículos. Então, lei do desmanche, Detecta, blitze, saturação em regiões onde são necessários.”
Segundo o tucano, a quantidade de câmeras monitorando as ruas e estradas pode chegar a milhares em todo o Estado. As concessionárias de rodovias do Estado já aderiram ao programa, com 660 câmeras espalhadas nas estradas. “Nova York (cidade que inspirou o projeto) tem 6 mil câmeras de vídeo no Detecta. Nós podemos até superar, porque não tem limite. Já começamos com o governo, com a Polícia Militar e hoje entra a iniciativa privada, porque as concessões (de estradas) são privadas.”
O projeto faz parte das promessas de campanha de Alckmin, que concorre à reeleição.

TAGS:

Polícia orienta como deixar seu condomínio mais seguro

A Polícia Militar está orientando moradores e administradores de prédios em Fortaleza através do projeto Condomínio Seguro. O POVO reuniu algumas dicas de cuidados básicos a serem tomados

Segundo a Polícia, por mais que o empreendimento tenha equipamentos protetivos, moradores e funcionários precisam ficar atentos. Dentro do apartamento ou fora do prédio, a caminho da entrada/saída, é possível tomar cuidados, alguns básicos, para não se expor. “A obrigação (de dar segurança pública) é do Estado, claro. Mas não custa a pessoa se autopoliciar”, pondera o comandante do Ronda do Quarteirão, tenente-coronel Cláudio Mendonça.
A administração do prédio também pode adotar medidas preventivas. “Uma delas é selecionar bem os porteiros e os zeladores. Para evitar facilitações. É não ter vergonha, por exemplo, de puxar a Folha Corrida dos candidatos. Esses são funcionários que precisam ser de extrema confiança da administração”, acrescenta Mendonça. Outra medida simples, mas eficaz, é deixar bem iluminada a entrada do prédio. Locais escuros são os favoritos para assaltos.
O POVO traz um guia com 20 dicas para condôminos e condomínios que quiserem tentar driblar a violência. Muitas delas estão sendo transmitidas pela PM para moradores e administradores de prédios desde maio, quando a corporação iniciou o projeto Condomínio Seguro. Nele, policiais e bombeiros colhem reclamações sobre insegurança para a elaboração de uma estratégia de policiamento específica. No Condomínio Viver Clube, no bairro Álvaro Weyne, a queixa é de assaltos nas paradas de ônibus do entorno nas primeiras horas da manhã.
Quando for concluído, o espaço abrigará cerca de 1.000 pessoas. Hoje, são cerca de 40 famílias. “Sem esse acompanhamento, as pessoas se sentem menos seguras. Agora, a gente pode passar pro condômino o comportamento correto. Não andar com joia ou coisa de valor exposta, por exemplo”, cita o administrador do condomínio Francisco de Assis Barbosa.
Nesses dois meses de projeto, 320 empreendimentos foram visitados em Fortaleza e Região Metropolitana. Só a capital tem 5.500 edificações com perfil de moradia coletiva. A Polícia diz que a ideia é aumentar em agosto – de duas para quatro – as equipes que visitam os condomínios colhendo reclamações e dando as dicas.

No Portal do Síndico Você Encontra as Melhores empresas de SEGURANCA

#Empresas segurança Condomínios

TERCEIRIZACAO DE PORTARIA
CONSULTORIA E PROJETOS DE SEGURANÇA
LOCACAO DE CAMERAS
BLINDAGEM DE GUARITA
VIGILÂNCIA PATRIMONIAL
CONTROLE DE ACESSO
MONITORAMENTO 24 HRS
INSUFILME PARA PORTARIA

Violência eleva em 12% taxa de condomínios nobres de SP

Estudo mostra que condomínios com serviço de vigilância tiveram acréscimos de 11,77% nas taxas condominiais em 2014

Priscila Yazbek, de Exame

São Paulo – Moradores de condomínios com serviço de vigilância da cidade de São Paulo viram um aumento de cerca de 11,77% na taxa condominial a partir de janeiro de 2014 por causa do aumento da violência.

A informação é de um levantamento realizado pela Habitacional, empresa de administração imobiliária.

Segundo o estudo, a alta ocorreu por causa do adicional de periculosidade, de 30%, garantido à categoria dos profissionais que atuam na segurança dos condomínios a partir deste ano.

“O aumento da criminalidade nos últimos cinco anos e da escalada de invasão nos prédios teve um impacto direto nos custos dos condomínios, que absorveram mão de obra de vigilância para reforçar a segurança”, afirma Marcio Bagnato, diretor de condomínios da Habitacional.

Ele afirma que bairros nobres como Brooklin, Campo Belo,  Itaim Bibi, Jardins, Moema, Morumbi, Perdizes e Vila Nova Conceição sentiram o maior impacto da alta.

Nessas regiões, segundo Bagnato, são mais comuns os empreendimentos que contam com serviço de vigilância externa, que foram os tipos de condomínios afetados pelo adicional de periculosidade.

Dos 270 condomínios que compõem a carteira da Habitacional, 25% tiveram o acréscimo de quase 12% por contarem com o sistema de segurança profissionalizado em vez do sistema convencional, que conta apenas com porteiros.

Conforme Bagnato explica, como a mão de obra é o item que mais pesa no orçamento do condomínio, o adicional de periculosidade dos profissionais de vigilância tem um impacto muito maior do que teria, por exemplo, um aumento no valor das contas de água.

Além do aumento verificado nos condomínios com seguranças, um dissídio da categoria de funcionários de condomínios gerou, também a partir de janeiro, um reajuste de 6,63% na mão de obra de todos os condomínios, tanto aqueles com serviço de vigilância, quanto os convencionais.

Com a alta de 11,77% gerada pelo acréscimo no salário de funcionários de vigilância e o aumento de quase 7% dos funcionários de condomínio no geral, os moradores de condomínios nobres sentiram um aumento de cerca de 19% na taxa condominial a partir de janeiro, segundo a Habitacional.

Condomínios deveriam expor os gastos com segurança

O diretor de condomínios da Habitacional afirma que não existe uma saída para evitar acréscimos de custos provenientes de reajustes de mão de obra, mas, segundo ele, os moradores não costumam se incomodar quando sabem que o aumento está ligado a questões de segurança.

Por essa razão, ele afirma que seria interessante que os condomínios mostrassem aos moradores o peso dos gastos com segurança no orçamento condominial, deixando claro o impacto do aumento dos profissionais de vigilância nas contas.

“Enquanto o aumento do custo está ligado à segurança, o condômino entende, sobretudo nessas áreas nobres da cidade. Agora, se o aumento de gastos com segurança entrar no bolo, junto às outras contas, o morador já pode reclamar ao sentir o aumento da taxa”, diz Bagnato.

Fonte: Exame

No Portal www.sindico.com – Você Encontra as Melhores Empresas de Segurança para Condomínios

 

» SEGURANCA
TERCEIRIZACAO DE PORTARIA
CONSULTORIA E PROJETOS DE SEGURANÇA
LOCACAO DE CAMERAS
BLINDAGEM DE GUARITA
VIGILÂNCIA PATRIMONIAL
CONTROLE DE ACESSO
MONITORAMENTO 24 HRS
INSUFILME PARA PORTARIA

Segurança Predial – Controle de Acesso Cftv

A maior preocupação dos Síndicos de condomínios é a segurança. Para cada tipo de prédio há uma solução, a Locaprédios, Empresa Especializada em Locação de Equipamentos de Segurança dá algumas dicas:

Prédios Residenciais Pequenos

  • Porteiro Eletrônico Maxcom Xpe 1013 (Para quem não tem porteiro) Xpe 1011 (para quem tem porteiro)
  • 4 a 8 câmeras com infravermelho com dvr (não use computador, dá muita manutenção)

Prédios residencial Grandes

Prédio Club (acima de 300 aptos)

Prédio Comercial Pequeno

  • Câmeras em todos andares – Com sistema de verificação de rosto
  • 16 a 32 Câmeras com Infra em area comuns e garagens
  • Controle de Acesso sem catraca
  • Monitoramento Externo

Prédio Comercial Grande

  • Câmeras em todos andares – Com sistema de verificação de rosto
  • 64 a 128 Câmeras com Infra em area comuns e garagens
  • 4 cameras Ip com pantilt e Zoom
  • Controle de Acesso com catracas

Para qualquer Condomínios:

Eli Zynger é Diretor da Empresa Locaprédios, tem 20 anos de experiencia com segurança de prédios, já fez projetos em mais de 300 prédios.

No Portal do Síndico – Você acha as Melhores Empresas de Segurança Condomínio

 

 

Segurança em Condomínios

Você considera seu Condomínio seguro? Acredita que está livre de qualquer perigo em seu condomínio? O Domingo Espetacular prova que nem tudo é o que parece. Acompanhe a reportagem e aprenda a se previnir do crime que mais cresce nas grandes cidades.