Manutenção de CFTV

Manutenção de Câmeras CFTV !!!

Antes e Depois da Colocação de Câmeras com Infravermelho !!!   Muito Mais Visualização !! Locaprédios Especializada em Locação de CFTV

www.locapredios.com.br

(11) 3326-3000

comercial@locapredios.com.br

Locação de CFTV  - Diferença entre câmeras com alta qualidade

Locação de CFTV – Diferença entre câmeras com alta qualidade

Câmera com Infravermelho – Imagens na Internet

Um dos melhores e mais robustos sistemas de Segurança para Condomínios são as CFTV com Infravermelho

Atualmente com um preço bem econômico os prédios conseguem colocar câmeras de Cftv com 720 linhas e infravermelho ativo. Assim mesmo com baixa luminosidade o porteiro continua tendo uma visão regular do prédio.

Além disto é fundamental colocar as imagens do sistema na internet e colocar em aplicativos de Iphone e Android para que vários moradores possam ver as imagens online.

A Locaprédios é uma empresa especializada em locação de cftv para condomínios, pagando valores baixos – Pagando um valor mensal médio de R$ 400,00 você instala as 16 câmeras pelo condomínio sem custo de instalação e ainda tem manutenção e modernização gratuitas do sistema

 

Com o Infravermelho Inteligente da Intelbras o Condomínio pode ver em areas escuras

Com o Infravermelho Inteligente da Intelbras o Condomínio pode ver em areas escuras

Câmera com alta qualidade geram retorno em Segurança

Câmera com alta qualidade geram retorno em Segurança

 

Sistema de CFTV com Câmeras Full Hd  - Ideal para Prédios – Infravermelho – Transmitindo sinal para Internet
Locação de Câmeras Digitais com InfraVermelho Ativo

Locação de Câmeras Digitais com InfraVermelho Ativo

 

Portaria Virtual – Fim da Portaria Convencional

Quais são os equipamentos e serviços necessários para fazer uma portaria virtual em Condomínios 

Câmera com alta qualidade geram retorno em Segurança

Câmera com alta qualidade geram retorno em Segurança

Sistema Linear HCS

 

10 locais para instalar câmeras de segurança no seu condomínio

10 locais para instalar câmeras de segurança no seu condomínio

As câmeras de segurança estão cada vez mais presentes nos condomínios residenciais.

O medo de assaltos e depredação de patrimônio são as maiores causas do crescimento da procura desses equipamentos para monitorar edifícios. Para resolver a questão de segurança e evitar problemas com moradores, é preciso pensar muito bem onde esses dispositivos serão instalados.

Reunião de condomínio é necessária antes de instalar câmeras de segurança no prédio

Qual o limite entre a segurança e privacidade das pessoas? Essa é uma questão que a administração do condomínio não pode perder de vista em momento algum. A proteção das pessoas que moram no prédio precisa ser o foco. Além disso, o patrimônio de cada um também ficará mais protegido com as câmeras de segurança. Mas a decisão de instalar o equipamento não pode ser arbitrária e muito menos secreta.

O primeiro passo para o síndico que deseja fazer uso desse tipo de monitoramento é convocar uma assembleia. Se a maioria dos proprietários concordar com a implantação desse esquema de segurança, ela poderá ser providenciada.

Após o consenso entre os moradores, o síndico poderá comprar o equipamento de vigilância e começar a instalação em locais estratégicos do condomínio. Existem no mercado hoje diversos modelos de câmeras de segurança com variados preços e diferentes tecnologias. Basta escolher a melhor opção de acordo com a necessidade do seu prédio.

Placas de aviso são necessárias

“Sorria, você está sendo filmado”. Nos últimos anos, essa frase com um toque de humor está ganhando cada vez mais espaço. Avisos como esse precisam ter fácil visualização para todos que circulam pelo ambiente. Ou seja, não precisa estar necessariamente abaixo da câmera de segurança. Portarias, garagens e elevadores são alguns dos locais que devem conter o alerta.

Uma dica importante para os síndicos é, antes de instalar as câmeras, conhecer bem as legislações (municipal e estadual) sobre o assunto. Em São Paulo, por exemplo, a Lei 13.541 garante que todos tenham conhecimento da existência dos equipamentos de vigilância por meio das placas de aviso. “O ambiente está sendo filmado. As imagens são confidenciais e protegidas nos termos da lei” é a frase que deve conter de acordo com a lei.

Onde instalar câmeras de vigilância no prédio

O equipamento de segurança não pode ser instalado em qualquer lugar. É preciso sempre respeitar a privacidade dos condôminos. Portanto não é uma boa ideia instalar câmeras em áreas de piscina, saunas, banheiros ou vestiários. Confira os locais apropriados para a instalação do circuito interno:

● Portaria

● Portões do condomínio (imagens da calçada)

● Elevadores

● Escadas

● Hall

● Playground

● Sala de jogos

● Salão de festas

● Churrasqueira

● Academia

Segurança não justifica invasão de privacidade

Em locais em que são áreas comuns, mas são reservados para atividades privadas como o Salão de Festas, por exemplo, é preciso ter o cuidado de instalar apenas nos acessos ao ambiente. Afinal, o objetivo é controlar o fluxo de pessoas no local e não ferir o direito a privacidade de quem está realizando uma festa no recinto.

A câmera de segurança nos acessos é suficiente para mostrar quem esteve no local. Mas, caso seja realmente necessário instalar dentro do salão de festas, espaço gourmet ou academia (devido a constantes depredações, por exemplo), os cuidados com a privacidade terão que ser redobrados. Apenas gravar sem visualizar é o ideal. Só em caso de ações judiciais, essas imagens devem ser reveladas às autoridades e/ou aos envolvidos.

 

Segurança Predial – Controle de Acesso Cftv

A maior preocupação dos Síndicos de condomínios é a segurança. Para cada tipo de prédio há uma solução, a Locaprédios, Empresa Especializada em Locação de Equipamentos de Segurança dá algumas dicas:

Prédios Residenciais Pequenos

  • Porteiro Eletrônico Maxcom Xpe 1013 (Para quem não tem porteiro) Xpe 1011 (para quem tem porteiro)
  • 4 a 8 câmeras com infravermelho com dvr (não use computador, dá muita manutenção)

Prédios residencial Grandes

Prédio Club (acima de 300 aptos)

Prédio Comercial Pequeno

  • Câmeras em todos andares – Com sistema de verificação de rosto
  • 16 a 32 Câmeras com Infra em area comuns e garagens
  • Controle de Acesso sem catraca
  • Monitoramento Externo

Prédio Comercial Grande

  • Câmeras em todos andares – Com sistema de verificação de rosto
  • 64 a 128 Câmeras com Infra em area comuns e garagens
  • 4 cameras Ip com pantilt e Zoom
  • Controle de Acesso com catracas

Para qualquer Condomínios:

Eli Zynger é Diretor da Empresa Locaprédios, tem 20 anos de experiencia com segurança de prédios, já fez projetos em mais de 300 prédios.

No Portal do Síndico – Você acha as Melhores Empresas de Segurança Condomínio

 

 

Conheça as facilidades dos apartamentos voltados para a terceira idade

Cada vez mais há um interesse e investimento em nichos voltados a terceira idade. Conheça o que as construtoras tem criado para facilitar a vida do idoso

Eduardo Souza, 21 de março de 2014

O crescimento da população idosa no Brasil traz consigo o aumento na demanda por imóveis voltados para a terceira idade, já que muitos não querem ou não podem morar com os filhos, e desejam preservar tanto quanto possível a independência e a privacidade que sempre tiveram.

Por isso, as construtoras vêm pensando em imóveis para esse segmento, de modo que sua arquitetura, localização e infraestrutura são planejadas de acordo com as necessidades desse público. Assim, os idosos podem viver cercados de bem-estar e com qualidade de vida. Conheça, a seguir, algumas iniciativas para esse público.

A primeira mudança é no tamanho do imóvel. Geralmente, esse perfil não precisa de um espaço tão amplo, por isso as construtoras estão privilegiando ambientes mais compactos, que têm comodidade e facilitam a manutenção e limpeza do lar. Nesse caso, os apartamentos de um dormitório são considerados na medida certa.

Além disso, os empreendimentos com unidades no andar térreo também são interessantes para a terceira idade, pois diminuem a necessidade de locomoção e oferecem mais acessibilidade e mobilidade a eles.

Nas áreas sociais dos condomínios são oferecidas opções de lazer que garantem a saúde física e mental dos moradores. As principais são aquelas que envolvem atividades físicas simples (estações de ginástica, quadras), entretenimento (salão de festas) e convivência (praças, espaço para jogos de tabuleiro).

Também nos ambientes sociais, itens básicos como corrimões, rampas e pisos antiderrapantes são imprescindíveis para eles, por lhes oferecer mais independência e segurança no seu deslocamento do dia a dia.

A segurança que os prédios oferecem é outro quesito muito importante para esses moradores, logo os serviços de proteção são considerados prioridade no condomínio. Facilidades como portaria 24 horas, equipamentos de vigilância e acesso controlado, oferecem maior tranquilidade .

Outra vantagem que pode ser oferecida aos idosos são as vagas de garagem mais próximas aos acessos do prédio (portas, elevadores). De todo modo, para aqueles que não querem mais dirigir, geralmente os empreendimentos estão instalados perto de pontos de ônibus, táxi ou metrô, facilitando o deslocamento dos moradores, quando precisarem sair para ir ao supermercado, shopping ou a uma consulta médica, por exemplo.

A localização dos empreendimentos também contempla o acesso aos serviços e comércios essenciais. Muitos condomínios ficam perto de redes de supermercados, feiras livres, hortifruti, hospitais, farmácias e lojas de conveniência, dentre outros serviços que dão mais qualidade de vida aos idosos.

Embora ainda seja uma novidade no mercado imobiliário, os imóveis voltados para a terceira idade já são uma realidade. Com mobilidade, bem-estar e qualidade de vida para os idosos, esses empreendimentos dão tranquilidade tanto para eles quanto para suas famílias, que sabem que seus familiares estão bem instalados e seguros em seu novo lar.

 

 

Ladrão vestido de tenista finge ser morador e furta prédios de luxo

Câmera flagrou suspeito entrando com raquete de tênis em edifício de GO.

Segundo a polícia, ele já furtou pelo menos R$ 500 mil em joias.

condominio

A polícia procura um homem que, vestido como tenista, se passava por morador para furtar joias em coberturas de prédios de luxo localizados em bairros nobres de Goiânia . Ele agia sempre que os donos não estavam em casa. Ao todo, o prejuízo relatado por algumas vítimas à polícia é de pelo menos R$ 500 mil. O suspeito foi flagrado por câmeras de segurança entrando em um dos condomínios com bermuda, camiseta, uma mochila e uma raquete de tênis nas mãos (veja vídeo ao lado).

Um dos casos registrados ocorreu no último dia 28 de fevereiro. Nas imagens, é possível ver quando o homem chega a um prédio e tem a entrada liberada pelo porteiro. Ele entra tranquilamente no edifício e, duas horas depois, é visto no corredor e depois saindo do local, ainda com a mochila e a raquete. Quando já está na calçada, ele parece acenar para alguém (veja vídeo acima).

Três dias depois, uma câmera instalada dentro da cozinha de um apartamento flagra um rapaz se arrastando. O proprietário estava viajando e procurou a polícia para dar queixa quando percebeu que também teve pertences roubados.

Segundo o delegado Paulo Ribeiro Silva, adjunto da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic) e responsável pelas investigações, o homem que aparece nos dois casos é o mesmo. “[Moradores] viram que se tratava da mesma pessoa, um rapaz alto, de boa aparência, moreno claro, que entrou trajando a mesma roupa, com uma mochila e uma raquete de tênis”, explica.

O homem teria agido em pelo menos três condomínios nos setores Bueno, Marista e Jardim Goiás, todos bairros de alto padrão da capital. Além de levar apenas joias, outro detalhe chamou a atenção da polícia: em todos os casos, o suspeito invadiu as coberturas por meio das casas de máquinas, compartimento onde ficam as centrais elétricas e hidráulicas dos edifícios. Segundo a polícia, somente os trabalhadores da construção ou prestadores de serviço costumam ter acesso a esses locais.

Usando mochila e raquete, homem finge ser morador e furtar prédios em Goiânia, Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Imagem mostra suspeito andadno com a raquete por corredor de prédio (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

O dono da construtora responsável pelos três edifícios já foi intimado a depor e tentar reconhecer o suspeito. Em um dos prédios, a administração informou que, na época dos furtos, o sistema de biometria utilizado hoje, ainda estava em implantação. Alguns funcionários foram substituídos e a segurança, reforçada.

Os moradores dos condomínios lamentam ter de pagar tão caro para ter mais proteção e ainda assim se sentirem inseguros. “A tendência é nos cercar cada vez mais, dado as ações audaciosas dos suspeitos”, opina o aposentado Paulo Pires.

 

Fonte> G1.com

 

Condomínios investem em segurança para evitar arrastões

Condomínios investem em segurança para evitar arrastões

Câmeras e controle na portaria são algumas das medidas adotadas.
Sindicato da Habitação e Polícia Militar dão dicas de segurança.

Locação de Câmeras Prédios

Condomínios em São Paulo desenvolvem regras para melhorar a segurança de moradores e funcionários. Controle na portaria e câmeras de monitoramento são alguns dos recursos usados por um prédio na Zona Sul da cidade para evitar possíveis arrastões.

O prédio tem cinco espelhos para que os moradores consigam ver a rua antes de deixar o condomínio. Além disso, qualquer visitante precisa apresentar um documento para que a entrada seja liberada. “O funcionário é treinado até para verificar um falso documento e toda a entrada, mesmo que se dê o documento, só acontece após a liberação verbal do morador”, afirma o síndico Adriano Ambrosini.

O condomínio tem mais de mil moradores e a entrada deles é liberada apenas pelos porteiros, assim como o portão da garagem. Sessenta e quatro câmeras registram o movimento no condomínio e o síndico quer colocar ainda mais. A portaria é blindada e monitorada por uma central de segurança. “Toda vez que a porta dessa guarita é aberta é acionada a central de monitoramento. Ele consegue ver se tem alguém estranho dentro da guarita”, explica a gerente da empresa de segurança respon´savel Ana Paula Ipólito.

Para os prédios que não têm condições de montar um esquema de segurança como esse, alguns cuidados simples podem ajudar:

- Deixar a lista de convidados para uma eventual festa na portaria

- Descer para pegar encomendas

- Respeitar as regras de segurança do prédio

Essas e outras sugestões de segurança estão em um folheto que a Polícia Militar, em parceria com o Sindicado da Habitação (Secovi), vai entregar em condomínios de São Paulo. “Dentro dessa parceria a gente vai estar em contato com a Polícia Militar e a Secretaria de Segurança Pública, para entender quais são as melhores atitudes preventivas que o condomínio pode tomar”, afirma o presidente do Secovi, Cláudio Bernardes.

Fonte: G1