Manutenção em Espreguiçadeiras de Madeira

Manutenção e Conservação Móveis Madeira Butzke

Com o tempo, toda madeira reage às condições de uso e do clima, sol, chuva, ar seco e úmido, calor e frio. Fazendo a manutenção corretamente, você garante muito mais resistência e beleza aos seus móveis Butzke.

A madeira

Todo produto que utiliza a madeira como matéria-prima deve ser tratado com zelo, visando manter seu aspecto original por tanto tempo quanto for possível. Saiba mais sobre os seus móveis de lazer para garantir a durabilidade:

  • A madeira é um produto natural e diz-se que tem vida. Ao ser exposta às alterações do clima (sol, chuva, ar seco e úmido, calor e frio) é normal que ocorram fissuras e aspereza. O produto BUTZKE é elaborado com a umidade da madeira num percentual adequado para manter o equilíbrio entre as retrações devido ao sol e ar seco e as expansões devido à chuva e ao ar úmido.
  • Caso o seu móvel fique exposto por um longo período a só uma das situações extremas de clima, haverá um desequilíbrio no comportamento da madeira. Evite deixá-lo exposto ao ar livre por longos períodos de tempo. O contato excessivo com o sol provoca retrações e rachaduras, “encanoando” as tábuas maiores, além de soltar parafusos.
  • Em caso de contato excessivo com a chuva, a madeira pode se expandir, desalinhando o encontro de peças com fibras de sentido oposto, causando dificuldades de articulação.
  • Para produtos com acabamento Stain, a chuva pode causar perda da pigmentação da madeira. Caso o móvel esteja sobre um tipo poroso de piso, poderá ocorrer manchas, que tendem a desaparecer naturalmente com chuva e insolação ou após algumas lavagens.
  • Variações de tonalidade e textura não são um defeito, mas sim características de produtos naturais. Sob os efeitos do tempo, a madeira pode adquirir uma tonalidade acinzentada, principalmente nos móveis com madeira aparente.

Madeira com acabamento stain original de fábrica.

Madeira após algum tempo sem tratamento.

Madeira após a manutenção.

Aprenda a cuidar dos seus móveis em stain:

A aplicação do impregnante (stain) permite que a madeira troque umidade com o meio e, assim, respire, prolongando seu tempo de vida útil.
Recomenda-se a aplicação do stain após os primeiros seis meses de uso. Depois desta primeira aplicação, repita anualmente. Reaperte periodicamente os parafusos. Mas, atenção: alguns modelos possuem parafusos que são colados. Recolha seu móvel sempre que possível.

Para manutenção e limpeza do móvel em Stain Nogueira e Stain Jatobá siga os seguintes passos:

1 – Lave o seu móvel com água, com ou sem o auxílio de sabão neutro.

2 – Depois de completamente seco, avalie a superfície. Se for necessário, lixe a madeira levemente, com uma lixa fina.

3 – Umedeça levemente uma flanela com o impermeabilizante (stain) e aplique sobre a superfície da madeira.

4 – Logo na seqüência, utilize uma outra flanela, seca, para retirar o excesso.

5 – Se preferir, finalize limpando a superfície com uma esponja abrasiva.

Caso você queira um móvel para jardim com todas as características e o charme de madeira envelhecida (cor acinzentada), execute somente o procedimento 1.

Instruções de uso, limpeza e conservação para verniz PU (poliuretano):

  • Este produto é restrito para uso interno, não deve ser exposto diretamente ao tempo.
  • Para limpeza, recomendamos utilizar apenas um pano macio e úmido e, se necessário, sabão neutro.
  • Não enxágüe o produto.
  • Nunca utilizar abrasivos: esponjas metálicas, saponáceos/sapólio, outros detergents, álcool, thinner e outros solventes de qualquer tipo.

Para móveis com os acabamentos Provençal, Demolição e Laca, ou ainda, aqueles compostos com outros materiais, como tela ou fibra sintética, recomendamos apenas lavar com água e sabão neutro, periodicamente. Quando a apresentação visual se depreciar, você pode lixar e pintar os móveis novamente, se preferir.

Instruções de uso, limpeza e conservação para móveis com acabamento em EPS (Extrema Proteção Solar)

EPS: Extrema Proteção Solar
Produtos com o selo EPS (Extrema Proteção Solar) possuem alta resistência às intempéries, especialmente às ações do sol. Mesmo após um longo período de exposição ao tempo conserva seu visual original.
Instruções de uso, limpeza e conservação:

  • Para limpeza, recomendamos utilizar apenas um pano macio e úmido e, se necessário, sabão neutro.
  • Não enxágüe o produto
  • Nunca utilizar abrasivos: esponjas metálicas, saponáceos/sapólio, outros detergentes, álcool, thinner e outros solventes de qualquer tipo.
  • Para melhor conservação, reaperte os parafusos ajustáveis de tempos em tempos. Alguns são colados e dispensam esse procedimento.

Garantia:
Produtos com o selo EPS possuem 2 anos de garantia.

Instruções de uso, limpeza e conservação para móveis com acabamento em Laca PU

Produtos com acabamento Laca PU, especialmente desenvolvida para a Butzke possuem alta resistência às intempéries, especialmente às ações do sol. Mesmo após um longo período de exposição ao tempo conserva seu visual original.
Instruções de uso, limpeza e conservação: 

  • Para limpeza, recomendamos utilizar apenas um pano macio e úmido e, se necessário, sabão neutro.
  • Não enxágüe o produto
  • Nunca utilizar abrasivos: esponjas metálicas, saponáceos/sapólio, outros detergentes, álcool, thinner e outros solventes de qualquer tipo.
  • Para melhor conservação, reaperte os parafusos ajustáveis de tempos em tempos. Alguns são colados e dispensam esse procedimento.

Observações:

  • Cada produto é projetado e testado para um uso específico. Use o produto corretamente, conforme sua finalidade.
  • O bom-senso, a atenção e o cuidado são atitudes que fazem parte das medidas de segurança e que não podem ser incorporadas ao produto; elas dependem exclusivamente de você, usuário.
  • Guardar todo material gráfico que acompanha o produto, para futures consultas.

Cadeira Piscina Espreguiçadeira Lis Butzke

Cadeira Piscina Espreguiçaeira Lis Butzke

 

_DSC2897 1 (1)24.05.2007 Butzke 2 019

Dicas para Economia de Agua em Condomínios

Em meio à crise de abastecimento, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, anunciou que, a partir de janeiro, quem aumentar o consumo de água será multado em 20% ou em 50%.

Outra medida anunciada é a distribuição do chamado economizador de água para torneira. Na cidade de Araras, interior do Estado, moradores devem ficar sem água em 30 dias. Para tentar evitar o colapso, o racionamento agora é de 36 horas, ou seja, as pessoas só tem acesso à água a cada um dia e meio.

1) Sinalize o Condomínios
FullSizeRender (12) FullSizeRender (15)

 

 

 

Exame Médico Admissional e Demissional Para Porteiros

O descumprimento da obrigação legal de realizar os exames médicos previstos na NR-7 sujeitará o empregador ao pagamento de multa administrativa imposta pelo Ministério do Trabalho e Emprego

Todo Condomínio que possui empregados regidos pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) tem a obrigação de manter o PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional) e seus exames respectivos, conforme dispõe a Norma Regulamentadora nº 07, da Portaria nº 3.214/78.

O PCMSO é um programa destinado à prevenção e controle da saúde dos empregados, realizado através de inspeções médicas periódicas, para evitar que estes venham a adquirir doenças ocupacionais no exercício de suas funções. É medicina preventiva.

Daí porque o artigo 168, da CLT exige que o empregado seja submetido a exames: na admissão, na demissão e durante a vigência do contrato de trabalho e, dependendo das condições de trabalho, a exames complementares.

O exame médico admissional deve ser realizado antes do Porteiro iniciar suas atividades funcionais. Esse exame serve para atestar as condições de saúde do trabalhador, especificamente, se tem plena aptidão ao trabalho ou se é portador de alguma doença impeditiva ou que pode ser agravada pelo exercício das funções contratadas. Esse exame é de suma importância porque a verificação da preexistência de doença antes do início das atividades laborais é decisiva na determinação do nexo causal em futuro litígio em que se discuta o pagamento de indenização decorrente de doença profissional.

O exame médico periódico deve ser realizado de acordo com a periodicidade mínima indicada na NR-7 (7.4.3.2): a) a cada ano ou a intervalos menores, a critério do médico encarregado, ou se notificado pelo médico agente da inspeção do trabalho ou, ainda, como resultado de negociação coletiva de trabalho, para os trabalhadores expostos a riscos ou situações de trabalho que impliquem no desencadeamento ou agravamento de doença ocupacional, ou ainda, para aqueles que sejam portadores de doenças crônicas; b) a cada ano para os trabalhadores menores de dezoito anos e maiores de quarenta e cinco anos de idade e; c) a cada dois anos para os trabalhadores entre dezoito anos e quarenta e cinco anos de idade. Já os trabalhadores exposto a condições hiperbáricas, devem realizar o exame médico de acordo com a periodicidade especificada no anexo n. 6 da NR 15, da Portaria n. 3.214/78.

Quando o empregado retorna ao trabalho após ausência por período igual ou superior a 30 (trinta) dias por motivo de doença ou acidente de natureza ocupacional ou não, ou parto, o exame médico deve ser realizado obrigatoriamente no primeiro dia da volta ao trabalho (7.4.3.3).

Quando houver mudança de função, o trabalhador também deve ser submetido a exame médico, que deverá ser realizado obrigatoriamente antes da data da mudança. Por mudança de função entende-se toda e qualquer alteração de atividade, posto de trabalho ou de setor que implique na exposição do trabalhador a risco diferente daquele a que estava exposto antes da mudança (7.4.3.4.1).

Locais Para Fazer Exames Médicos para Porteiros

Prever Saude: 11 3473-9111 (agende um horário) 

Placa Sinalização Rota de Fuga Certificada M1

Placa Rota de Fuga – M1  - Esta Edificação Está dotada Dos Seguintes sistemad e segurança contra Incêndio

  • Extintores de Incêndio
  • Hidrantes
  • Iluminação de Emergência
  • Alarme de Incêndio
  • Sinalizaçao de Emergência

 

Exemplo de Placa Fotoluminescente Bombeiros - Esta Edificação está dotada dos Seguintes Equipamentos de Incêndio:

Exemplo de Placa Fotoluminescente Bombeiros – Esta Edificação está dotada dos Seguintes Equipamentos de Incêndio:

Modelos de Placas M1
FullSizeRender (1)

FullSizeRender (20)

FullSizeRender (21)

FullSizeRender (4)

Desktop8

Móveis Decoração Butzke – Espreguiçadeiras, Bancos e Mesass

Butzke na revista Wallpaper

Brasil,butzke,design,editorial,novembro,revista,wallpaper

A inglesa Wallpaper, uma das revistas internacionais de design e lifestyle mais prestigiadas do mundo, traz na edição do mês de novembro uma reportagem de página inteira sobre a Butzke. A matéria faz parte de um editorial especial sobre o design brasileiro.

A reportagem, entre outros temas, fala sobre a história da empresa, a contribuição da Butzke não somente para a reputação criativa do Brasil, mas também na cultivação da imagem do país no exterior através da exportação dos móveis brasileiros para os EUA e Europa.

É abordada a mudança do foco da empresa para o uso de matérias-primas e métodos de fabricação sustentável e também o fortalecimento da imagem da Butzke no cenário do design brasileiro, por meio de parcerias com grandes designers como Carlos Motta e Sérgio Rodrigues.

Ter uma reportagem sobre a nossa empresa publicada em uma das revistas mais influentes no mundo do design é mais que uma conquista, é um belo reconhecimento!

Mesa Madeira Butzke Com Ombrelone Ideal para Piscina

Mesa Madeira Butzke Com Ombrelone Ideal para Piscina

 

24.05.2007 Butzke 2 022 24.05.2007 Butzke 2 022

Mesa Ipanema Butzke Redonda Dobravel

Mesa Ipanema Butzke Redonda Dobravel

Almofada Acquablock Butzke

Almofada Acquablock Butzke

Espreguiçadeira Ibiza

Espreguiçadeira Ibiza

Espreguiçadeira Empilhavel Madeira Butzke

Espreguiçadeira Empilhavel Madeira Butzke

Placa Sinalização Extintores NBR 13434-3

POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO - COMANDO DO CORPO DE BOMBEIROS DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO
CONSULTA TÉCNICA nº CCB-006/600/12

ASSUNTO: Sinalização de Emergência

LEGISLAÇÃO REFERENTE  - Decreto Estadual 56.819 de 2011
Instrução Técnica 20 de 2011

DOCUMENTO: Mensagem eletrônica da empresa EVERGLOW
Consulta do Sr José de Paula Ferraz Neto, proprietário da empresa EVERGLOW:
O Corpo de Bombeiros foi questionado sobre a qualidade das sinalizações de emergência
que estão sendo instaladas nas edificações e áreas de risco, mencionando que diversas não atendem a Instrução Técnica nº20 de 2011 e NBR 13343-3 de 2005, quanto à sua capacidade de fotoluminescência, e quanto às características de identificação do fabricante previstos em norma brasileira.
Resposta:
Considerando que a IT/CB 20 de 2011 não exige a marcação e rotulagem das sinalizações de emergência que hoje são instaladas nas edificações e áreas de risco, e que realmente é difícil avaliar se a sinalização de emergência atende o requisito mínimo de fotoluminescência, o DSCI resolve que, doravante, toda sinalização de emergência instalada nas edificações e áreas de risco deverão possuir a marcação e rotulagem conforme a norma brasileira, NBR 13434-3 de 2005 item 6, onde os elementos de sinalização devem ser identificados, de forma legível, na face exposta, com a
identificação do fabricante (nome do fabricante ou marca registrada ou número do CNPJ – Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica).
Adicionalmente, os elementos de sinalização com características fotoluminescente devem apresentar os seguintes dados:
a) intensidade luminosa em milicandelas por metro quadrado, a 10 min e 60 min após
remoção da extinção de luz a 22°C +/- 3°C;
b) tempo de atenuação, em minutos, 22°C +/- 3°C;
c) cor durante a excitação, conforme DIN 67510-1; e
d) cor da fotoluminescência, conforme DIN 67510-1.

São Paulo, 22 de março de 2012.
CASSIO ROBERTO ARMANI
Ten Cel PM Chefe
Em ______/_______/________.
De acordo. Publique-se.
REGINALDO CAMPOS REPULHO
Cel PM Comandante

 

 

Sinalização Fotoluminescente Certificadas Pó químico - use em liquidos Inflámaveis e equipamentos Elétricos

Sinalização Fotoluminescente Certificadas Pó químico – use em liquidos Inflámaveis e equipamentos Elétricos

extagua poquimc

Sinalização Extintores Pó Químico, Co2, Agua

Sinalização Extintores Pó Químico, Co2, Agua

 

Assembleia de SP aprova lei que confere poder de polícia a bombeiros

Pelo texto aprovado, bombeiros poderão aplicar penalidades, como multas.

Projeto cria Fundo Estadual de Segurança contra Incêndios e Emergências.

Do G1 São Paulo

A Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou por unanimidade, na noite desta quarta-feira (3), projeto de lei do executivo que confere poder de polícia aos bombeiros, permitindo aos integrantes da corporação a aplicação de penalidades, inclusive multas.

O texto aprovado institui o Código Estadual de Proteção contra Incêndios e Emergências e cria ainda o Fundo Estadual de Segurança contra Incêndios e Emergências, formado por taxas e multas referentes a serviços de segurança contra incêndios.

O comandante do Corpo de Bombeiros do Estado, coronel Marco Aurélio Alves Pinto, e outros representantes dos bombeiros, favoráveis à proposta do executivo estadual, acompanharam a votação do projeto de lei na Assembleia.

Placa Sinalização Extintor Tamanho: 20×20 cm