Fita Demarcação Solo Colorida

Fita Para Demarcação De Solo Cinza

Fita Para Demarcação De Solo Cinza

 

Fita Demarcação Para Solo Preta

Fita Demarcação Para Solo Preta

 

Fita Para Demarcação De Solo Vermelha

Fita Para Demarcação De Solo Vermelha

 

Fita Para Demarcação De Solo Laranja

Fita Para Demarcação De Solo Laranja

 

Fita Para Demarcação De Solo Verde

Fita Para Demarcação De Solo Verde

 

Fita Para Demarcação De Solo Zebrada

Fita Para Demarcação De Solo Zebrada

 

Fita Para Demarcação De Solo Azul

Fita Para Demarcação De Solo Azul

 

Fita Demarcação Area Solo

 


Fita demarcação de Solo Preta 30 mts
Fita demarcação de Solo Preta 30 mts

Fita Demarcação PRETA

- Rolo de 30 metros Ideal para rampas, escadas e pisos. Reduz o perigo de quedas e derrapagens, fácil instalação e alta resistência.

R$ 19,00

Fita Demarcação de Solo Zebrada 30 mts
Fita Demarcação de Solo Zebrada 30 mts
Fita Demarcação de Solo Piso Cor ZEBRADA Rolo de 30 mts
R$ 19,00

Fita demarcação de Solo - Vermelha-  30 mts
Fita demarcação de Solo – Vermelha- 30 mts
Fita demarcação de Solo Cor Vermelha Rolo de 30 mts – Alto Poder de aderência e excelente adaptabilidade indicado para demarcação de piso, paredes, vitrinis e vidros, seja em ambiente interno externo
R$ 19,00

Fita demarcação de Solo Branca 30 mts
Fita demarcação de Solo Branca 30 mts
Fita demarcação de Solo Cor BrancaRolo de 30 mts – Alto Poder de aderência e excelente adaptabilidade indicado para demarcação de piso, paredes, vitrinis e vidros, seja em ambiente interno ou extern
R$ 19,00

Fita demarcação de Solo Verde 30 mts
Fita demarcação de Solo Verde 30 mts
Fita Demarcação de Solo Cor Verde Rolo de 30 mts – Alto Poder de aderência e excelente adaptabilidade indicado para demarcação de piso, paredes, vitrinis e vidros, seja em ambiente interno ou externo
R$ 19,00

Fita demarcação de Solo  - Amarela -  30 mts
Fita demarcação de Solo – Amarela – 30 mts
Fita demarcação de Solo Cor AmarelaRolo de 30 mts – Alto Poder de aderência e excelente adaptabilidade indicado para demarcação de piso, paredes, vitrinis e vidros, seja em ambiente interno ou externo
R$ 19,00

Fita Demarcação de Solo - Azul -  30 mts
Fita Demarcação de Solo – Azul – 30 mts
Fita demarcação de Solo Cor Azul Rolo de 30 mts – Alto Poder de aderência e excelente adaptabilidade indicado para demarcação de piso, paredes, vitrinis e vidros, seja em ambiente interno ou externo
R$ 19,00

Fita Demarcação Laranja
Fita Demarcação Laranja

Fita Demarcação Laranja

- Rolo de 30 metros Ideal para rampas, escadas e pisos. Reduz o perigo de quedas e derrapagens, fácil instalação e alta resistência.

R$ 19,00

Fita Demarcação Cinza
Fita Demarcação Cinza

Fita Demarcação Cinza

- Rolo de 30 metros Ideal para rampas, escadas e pisos. Reduz o perigo de quedas e derrapagens, fácil instalação e alta resistência.

Fita Antiderrapante Fotoluminescente

Ligue: 11 3662-3622

Fita Antiderrapante Preta e Fotoluminescente  - 30 Mts

MAIS VISUALIZAÇÕES

  • Fita Fotoluminescente
  • Fita Antiderrapante Fotoluminescente Escada
  • Fita Antiderrapante fotoluminescente

Fita Antiderrapante Preta e Fotoluminescente – 30 Mts

Disponibilidade: Em Estoque.

R$215,00

Descrição Rápida

Fita Antiderrapante Fotoluminescente

- Rolo de 30 metros Ideal para rampas, escadas e pisos. Reduz o perigo de quedas e derrapagens, fácil instalação e alta resistência.

Fita Antiderrapante Fotoluminescente

Medidas: rolo de 48mm x 30m

Descrição: Filme de PVC revestido com graos óxidos abrasivos. Aplicações: Prevenção de acidentes em escadas, rampas, etc.

Cor: Preta e Fotoluminescente

Pode Ficar Em Ambientes Externo – Ideal para Ambientes Externos ou Internos

Portal Síndico.com Busca Melhor Fornecedor de Pintura Predial

Síndicos não precisam perder tempo fazendo cotações para.

O Portal do Síndico foi criado para facilitar a vida dos Síndicos. Num único Clique o Síndico tem acesso aos melhores fornecedores

Exemplo Categoria: Pintura Prédial

No Portal do Síndico Você Encontra as Melhores Empresas de Pintura Prédial

No Portal do Síndico Você Encontra as Melhores Empresas de Pintura Prédial

Basta de Complicação – seja um Síndico Moderno

www.sindico.com

 

 

Câmara aprova projeto de lei que permite envidraçamento de varandas em prédios do Rio

Projeto será encaminhado para sanção do prefeito

A Câmara de Vereadores aprovou nesta quinta-feira (22) o projeto de lei que permite o fechamento de varandas com envidraçamento, com dispositivos retráteis, no Rio. O projeto é de autoria do vereador Carlo Caiado (DEM), e já havia sido aprovado em 2009 numa primeira discussão.

De acordo com a nova legislação, que vai seguir para a sanção do prefeito Eduardo Paes, devem ser observadas condições para o fechamento de varandas em prédios residenciais multifamiliares para possibilitar a proteção contra o mau tempo, chuvas, e questões de segurança.

Para o autor do projeto, esta é uma medida que atende um desejo de parte dos cariocas, que não podia fazer modificações nas varandas pela lei que estava em vigor.

— Com a aprovação dessa lei, os prédios terão a liberdade de padronizarem sua fachada e trazer mais qualidade de vida para seus moradores, já que o envidraçamento permitirá proteção, tanto de segurança, quanto climática.

Veja os detalhes do projeto:

O fechamento será permitido o do piso ao teto, nas divisões entre unidades e nos demais limites dessas, por sistema retrátil. Este sistema retrátil deverá permitir a abertura dos vãos fechados até, no mínimo, a soma dos vãos de ventilação dos compartimentos que utilizarem-nas para tal fim. Este sistema não poderá possuir estrutura que possa caracterizar-se como esquadria, qualquer que seja o material empregado. Deverá observar as normas técnicas de segurança vigentes, inclusive, se julgado necessário pelo órgão municipal competente, em relação ao acréscimo de carga nas varandas em balanço.

Tanto o fechamento retrátil das varandas quanto a sua instalação, deverão ser realizados por empresas ou profissionais devidamente registrados no Conselho de Engenharia, Arquitetura e Agronomia da 5ª Região – CREA/RJ.

Vale ressaltar que o fechamento destas não poderá resultar em aumento da área real da unidade residencial, ou seja, não será admitida a incorporação da varanda, total ou parcialmente, aos compartimentos internos. Hoje é muito comum aumentar quartos para varanda, sala para varanda, onde são retiradas as portas internas e a colocação muitas das vezes de películas escuras espelhadas. Isso não será permitido.

Mesmo sendo aprovada a Lei, o fechamento das varandas por sistema retrátil, caberá ao condomínio de cada edificação, nas formas previstas nas respectivas convenções, decidir sobre o fechamento e caso seja aprovado, o condomínio definirá a padronização a ser adotada pelas unidades, observadas as disposições desta Lei Complementar e de sua regulamentação.

No Portal Síndico.com – Você Encontra o Melhor Fornecedor de Envidraçamento de Sacadas Fachada

Novas regras começam a vigorar no próximo dia 18; condômino tem que apresentar plano de obra Abnt 16280

Novas regras começam a vigorar no próximo dia 18; condômino tem que apresentar plano de obra Abnt 16280

REFORMA NO BALANCA MAIS NAO CAI
Mais cuidados. Qualquer obra de reforma, mesmo as mais simples, precisará da assinatura de um engenheiro ou de um arquiteto

Prestes a entrar em vigor, as novas regras da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) para reforma de edificações vão aumentar sensivelmente a planilha de custos do dono do imóvel. Por mais simples que seja a intervenção, como pintura e até mesmo a instalação de ar- condicionado pequeno, o morador de um condomínio deverá apresentar ao síndico um planejamento minucioso, indicando a empresa que executará a obra, o número de trabalhadores envolvidos e seu tempo de duração. Tudo com o crivo de um engenheiro ou de um arquiteto, que deverá assinar o plano de obra.

A palavra final caberá ao síndico, no caso de edifícios residenciais, responsável por avaliar se a intervenção trará risco à segurança dos moradores. A NBR 16.280 – que passa a valer a partir do dia 18 de abril – poderá evitar tragédias como a ocorrida em janeiro de 2012 em Belo Horizonte, quando um prédio de dois andares desabou no bairro Caiçara, na região Nordeste, matando uma pessoa. Dias depois, outra ocorrência trágica marcou o país: dois prédios e um sobrado ruíram no centro do Rio de Janeiro, deixando o saldo de 20 mortos e vários feridos.

“A publicação da norma 16.280 representa uma resposta do meio técnico à justa demanda da sociedade, no sentido de se colocar um fim a ocorrências como aquela do Rio de Janeiro”, comenta Paulo Eduardo Fonseca de Campos, superintendente do Comitê Brasileiro da Construção Civil. Para promover qualquer intervenção, o condômino deverá agora apresentar uma Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) ou um Registro de Responsabilidade Técnica (RRT) emitido por um engenheiro ou arquiteto.

Responsabilidades. Quanto maior o grau de complexidade da obra, segundo Campos, maior responsabilidade recairá sobre o morador. A documentação exigida é imprescindível para procedimentos de toda natureza, desde a remoção ou abertura de paredes, a utilização de ferramentas de alto impacto e alteração nos sistemas de água, gás e elétrico, assim como a geração e destinação de entulhos resultantes da reforma.

Além da burocracia, os novos procedimentos acarretarão custos extras, que vão onerar ainda mais o processo de reforma. Para a execução da obra, o morador deverá contratar uma empresa especializada, com responsável legal pelo projeto. De acordo com a tabela do Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias (Ibape), somente a avaliação de um profissional qualificado para fornecer o laudo e avaliar a reforma custa, no mínimo, R$ 2.500 e a hora trabalhada desses especialistas custa, em média R$ 250. Denúncias de obras irregulares podem ser encaminhadas à prefeitura ou ao Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA).

Segurança. O consultor técnico do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Minas Gerais (Sinduscon-MG) Roberto Matozinhos, que participou da formulação da NBR 16.280, pondera que os gastos extras previstos são ínfimos diante da segurança que uma empresa ou profissionais qualificados podem proporcionar.

“Promover reformas sem qualquer critério técnico ou análise de gestão pode gerar transtornos e também aumento de custos”, alerta. “Um acompanhamento técnico vai garantir a correta avaliação de toda e qualquer interferência, principalmente se há previsão de remoção de paredes ou pilares”, completa, lembrando que as novas regras valerão para qualquer tipo de edificação, seja ela residencial, comercial, particular ou pública.
Expectativa

“Zé-da-colher”. Além de listar os requisitos para antes, durante e depois de uma reforma, as novas regras da ABNT pretendem abolir do mercado os chamados “quebra-galhos” de plantão.

No Portal do Síndico Você encontra as melhores empresas Empreiteiras para Condomínios

 

 

 

Internauta flagra pintores sem proteção em reforma de prédio

Internauta flagra pintores sem proteção em reforma de prédios

Homens não usavam os equipamentos de segurança, em Jundiaí.

Sindicato da Construção Civil fala da necessidade de prevenção.

Falta de equipamentos de segurança é vista em obra (Foto: Arquivo pessoal/ TEM Você)Falta de equipamentos de segurança é vista em obra (Foto: Arquivo pessoal/ TEM Você)

Um flagrante de falta de segurança no trabalho foi registrado nesta quarta-feira (02), na Vila Rami, em Jundiaí (SP). Dois homens que realizavam a pintura das paredes de duas concessionárias de veículos chamavam a atenção de quem passava pelas ruas por trabalharem em locais altos sem os equipamentos de segurança necessários para realizar as tarefas. As imagens foram enviadas por um internauta por meio do aplicativo TEM Você.

O internauta, que preferiu não se identificar, conta que achou um absurdo a falta de segurança dos trabalhadores. “Eles não tinham praticamente nada que contribuísse com a segurança deles, nem mesmo o capacete. Há poucos dias vimos o exemplo triste da morte na Arena Corinthians e mesmo assim as empresas não tomam providências para garantir a vida de seus empregados”, explica.

Trabalhador não tem equipamentos básicos de segurança (Foto: Arquivo pessoal/ TEM Você)Trabalhador não tem equipamentos básicos de

segurança (Foto: Arquivo pessoal/ TEM Você)

Segurança

Procurado pelo G1 para analisar as imagens, o Sindicato da Indústria da Construção do Estado de São Paulo (SindusCon) explicou que em obras com andaimes e cadeiras suspensas, o trabalhador precisa usar capacete, calçado de segurança, cinto tipo paraquedista, trava quedas e talabarte.

O sindicato ainda informou que nas fotos não é possível ver nenhum ponto de ancoragem, nem linha de vida, o que indica que não foi realizada uma análise do risco. Esse cálculo deveria ser realizado por um profissional legalmente habilitado.

Empresa

A empresa responsável pelas concessionárias informou, em nota, que a reforma é feita por uma terceirizada, e que já solicitou a regularização da situação dos trabalhadores. Caso  a prestadora de serviços não cumpra, encerrará o contrato.

Fonte: Globo.com

As Melhores Empresas de Pinturas o Síndico Encontra no Portal do Síndico.com

 


Para solicitar cotações SOLICITAR COTAÇÃO”.
» MARCAR TODOS    » DESMARCAR TODOS

fachada Five Star Pintuars
Especializado em Pinturas
condominios Real Park
A REAL PARK é uma empresa especializada com 15 anos de profissionalismo, sempre atuando no ramo de engenharia de manutenção e reformas na construção civil.
pintura Construsan
Especializado em Pinturas e Restauração de Fachadas
pintura PGR
 Especializado em Pintura
sindco Reforma e Pinturas
Especializado em Reformas e Pinturas
restauração IMPECO
Especializado em Impermeabilização, Reforma e Pintura
predios RCR Serviços Pinturas
 Especializado em Pintura
sindico Protec
No mercado desde 2006 a PROTEC, tem como objetivo dar segurança e qualidade em prestação de serviços para condomínios, com soluções eficientes e com um atendimento personalizado e focado nas necessidades de nossos clientes.
sindico C&C Pinturas
Atuando há mais de 18 anos, a C&C Pinturas é constituída por profissionais com larga experiência no mercado de serviços da construção civil e manutenção predial, trabalhando com Engenheiro Civil, perito em edificações IBAPE, SP.
predio Repinte
A Repinte oferece soluções compatíveis com as necessidades de cada condomínio, tanto na metodologia de execução dos serviços, quanto nos custos e nos prazos propostos. Atua nas áreas de pinturas externas, internas e garagens, texturizações, restaurações, lavagem de pastilhas/cerâmicas/vidros, tratamento de concreto aparente/tijolo aparente e pequenas obras civis em Condomínios Residenciais e Comerciais.